GARANTIA DE SAÚDE

PLANO DE GARANTIA DE SAÚDE

Proposta da Associação PROSA

https://associacaoprosa.org

Apesar do COVID19 não constituir um perigo de vida para a grande maioria da população, é um vírus que, por ter uma mortalidade elevada nos seniores e nas pessoas imunologicamente comprometidas, impõe medidas radicais para a sua proteção.

Os autores da Declaração de Barrington, chamam Proteção Focalizada à estratégia de proteção preferencial dos grupos de risco e, neste documento, elencamos os procedimentos que as unidades de saúde devem adotar para garantir a qualidade dos serviços que prestam.

Para simplificar e usar uma linguagem clara, recorremos aos princípios de segurança que a saúde tem vindo a assimilar da Aviação Civil:

 Lessons from aviation safety: “plan your operation – and operate your plan!”

  • Steven R Schelkun 

Patient Safety in Surgery volume 8, Article number: 38 (2014)

O nosso PLANO DE GARANTIA DE SAÚDE tem 3 tempos e consta de:

RESERVA, CHECK-IN e BOARDING

RESERVA

(refere-se à marcação de consultas ou de outros serviços)

  • Todas as unidades de saúde devem disponibilizar consultas virtuais e presenciais
  • Todas as consultas presenciais devem ser marcadas online ou por telefone
  • Após ou durante a marcação de uma consulta, o doente deve ter a oportunidade de dialogar com um responsável da instituição para determinar se se justifica uma deslocação à unidade de saúde ou se é suficiente uma consulta virtual (exemplo: renovação de receitas)

CHECK-IN

(Confirmação da “reserva”)

  • Quando é necessária uma consulta presencial, o doente deve ser de novo contactado 2 a 3 dias antes da data prevista, para um check-in
  • Perguntas sobre sintomas
  • Temperatura
  • Medicações
  • Explicação das medidas a respeitar no hospital
  • Esclarecimento de outras dúvidas

BOARDING

(Chegada e entrada na Unidade de Saúde)

  • Todas a unidades de saúde devem monitorizar a entrada de doentes
  • Devem disponibilizar material de proteção
  • Devem filtrar os doentes à chegada – por sintomas e contactos
  • Todos os casos que suscitem dúvidas devem prosseguir por um trajecto e procedimentos próprios que podem incluir testes de COVID19 (para a pandemia atual)

Em paralelo, todas as unidades de saúde devem:

  • Manter um programa de desinfeção total
  • Conhecer a extensão local da epidemia e relacioná-la com a área de proveniência dos doentes
  • Comunicar às autoridades todos os casos detetados, tanto do exterior como os contraídos no hospital

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: